Noticias

Especial Portugal: gastronomia, natureza e ciência

Portugal e Espanha estão ligados pela sua fronteira, pela história, até mesmo pelas línguas que são tão próximas! Não é à toa que em Portugal chamam carinhosamente os espanhóis de “nuestros hermanos”. Partilhamos o mesmo tipo de clima – mediterrânico – que se caracteriza por um clima temperado com verões quentes e secos e invernos instáveis e húmidos. Este nosso cantinho na Europa possui uma diversidade biológica e paisagística verdadeiramente únicas. A Península Ibérica representa menos de 6% da área total da europa ocidental, mas alberga cerca de 50% da fauna e flora da Europa, e apresenta uma taxa de endemismos, ou seja espécies que ocorrem só nesta região, muito elevada. Os cientistas acreditam que isso se deve à sua posição geográfica entre o Atlântico e o Mediterrâneo, agindo como ponte entre a África e a Europa. Durante as últimas glaciações do Pleistoceno, que congelaram grande parte da Europa, as penínsulas do Mediterrâneo serviram de refúgio à biodiversidade, pois estas regiões localizadas a sul eram as únicas que não estavam congeladas.

Gastronomia, natureza e ciência

Mas, se há muito que une Portugal e Espanha, também há muitas coisas que são únicas de cada país. Por isso, no Ecomandanga vamos mostrar-vos um pouco de Portugal, das mãos da nossa colaboradora Isabel Fernandes. Nesta edição vamos partilhar convosco um pouco da cultura gastronómica portuguesa, das suas riquezas naturais e da sua investigação científica. Iremos abrir esta edição especial com alguns posts dedicados a diferentes espécies de peixes marinhos que são uma parte essencial do património cultural português e que, nos últimos anos, têm enfrentado sérios problemas de conservação à escala global devido a uma gestão de recursos pesqueiros que pode ser melhorada, mas também a uma série de perturbações associadas à atividade humana.

Isabel Fernandes. Centro de Biologia Molecular e Ambiental, Universidade do Minho (Portugal)

No primeiro post iremos falar da importância cultural do bacalhau na cultura portuguesa, e como preparar uns belos bolinhos de bacalhau. No segundo post vamos falar de outra espécie piscícola de grande importância económica e cultural que é a sardinha, e aproveitamos para deixar umas dicas de como preparar umas óptimas sardinhas assadas. Portugal sendo um país pequeno tem uma riqueza de habitats, fauna e flora incríveis… no terceiro post vamos levar-vos a passear pelo Parque Nacional Peneda-Gerês, no norte de Portugal! Por fim, no quarto post vamos conhecer um investigador português, o Miguel Matias, que se tem dedicado ao estudo da biodiversidade em sistemas aquáticos e que está a desenvolver um projecto incrível na Peninsula Ibérica.

Sardinha assada com pimentos. Foto: Isabel Fernandes